quarta-feira, 18 de julho de 2018

7 DICAS PARA VOCÊ INVESTIR EM SEU CURRÍCULO


Por Juliana Starosky

Invista em sua carreira e comece pela elaboração de um Currículo que retrate o verdadeiro profissional talentoso que é. 

O currículo é a primeira ferramenta que o profissional terá de contato com a sua experiência profissional. Então, é importante que você gaste tempo ou invista em um profissional qualificado para descrever sua carreira de forma construtiva e atrativa para o mercado de trabalho.

Existem profissionais que dedicam seu tempo em desempenhar um excelente trabalho, mas esquecem de anotar e lembrar o que desenvolveram nas empresas. E, somente na hora do “sentimos muito, mas nossa empresa passará por uma reestruturação e infelizmente precisamos desligar você” que surge aquele desespero. Então, se recorre ao google e existem milhares de modelos prontos para se usar e trilhões de dicas de especialistas e gurus de carreira. Contudo, não há alguém “ser humano” ouvindo outro “ser humano” especialista em ouvir você e transportar para um Currículo o que você conquistou.

Ao longo da carreira já li tantos Currículos que já perdi a conta, na grande maioria no nível de Coordenação à Executivos de todos os mercados. O que mais impressiona são talentos que conseguem colocar em um único papel:

1. Manter sempre o Currículo atualizado: 

É importante que tenha consciências das nomenclaturas atuais sobre sua atuação e funções que desenvolve na empresa. Procure reservar um tempo para isso, pelo menos de 3 em 3 meses anote para não perder nada.


2. Tenha o Link para o perfil do seu LinkedIn: 

Coloque um link direto para o seu perfil, importante que se preocupe em ter uma foto adequada e profissional. Afinal, é essa a imagem que quer passar. Pode ter certeza de que as empresas costumam “fuçar” as redes sociais para saber melhor quem é você, independente do cargo que tenha e nível que esteja. 

3. Tenha um Objetivo:

Escreva o que realmente você quer em sua carreira como exemplo: Gerência de Vendas | Canais Diretos no segmento Farmacêutico em São Paulo e Região. Assim, você pode dar foco ao que busca caso tenha um objetivo. Caso não, deixe apenas os cargos que busca sem mencionar os segmentos.

4. Escreva um Resumo de Qualificações: 

Tenha um resumo de sua carreira, desde tempo de atuação, último cargo, segmentos e empresas onde atuou. Depois, acrescente tudo o que fez de mais importante em sua carreira para que o mercado faça uma fotografia de quem é você e onde você se encaixa. 86% dos profissionais são selecionados pelo Resumo de Qualificações, quando bem escrito. 

5. Formação | Idiomas | Cursos e Certificações: 

Procure não mentir, muitos profissionais acabam mentindo sua formação ou até mesmo omitindo por atuarem na área de Exatas e terem formação em Humanas. Tenho um autojulgamento. Não faça isso, seja honesto consigo mesmo. Coloque o curso a escola e ano de formação em ordem decrescente. Não importa se a sua universidade é ou não de primeira linha. Esse quesito já caiu por terra uma vez que as empresas estão querendo profissionais com Competências Técnicas e Comportamentais compatíveis com o seu negócio. 

6. Experiência Profissional: 

É um grande mito que o CV deve ter apenas 2 páginas. Imagine um profissional com mais de 22 anos de experiência conseguir colocar tudo em 2 páginas. Também, não faça em 10 páginas. Na verdade, não existe limite. Você deve colocar o mês e ano de entrada e saída das empresas, além da empresa que atuou e desafios que exerceu na empresa. Importante não esquecer os resultados que obteve nas empresas aqui está o seu diferencial.

7. Ter Consciência: 

É importante todo profissional ter consciência de que o mercado costuma buscar profissionais com experiência no seu negócio. Salvo alguns casos que pretendem oxigenar. Procure sempre ter uma estratégia e seja profissional ao máximo. Não basta enviar apenas 10 CV´s por dia, é importante entender para quem envia e se você está adequado ao perfil da vaga. Tempo, resiliência, metodologia de carreira e foco são os melhores amigos nesse momento. 

Não há solução mágica, existe muito trabalho! Em algum momento você irá colher os frutos de suas sementes. 

Desejo sucesso em sua busca!







quarta-feira, 4 de julho de 2018

Vamos comemorar!


Extremamente feliz, com esse número crescendo a cada dia!

Em 2008 fui criadora do Blog do Headhunter para ajudar talentos de forma indireta em sua carreira e olhem só, tem mais de 152.629 acessos!  

É gente que não acaba mais, preocupada e engajada em ser agente ativo de sua carreira! 

#julianastarosky #foconacarreira #staroskyconsultoria

quinta-feira, 7 de junho de 2018

Aprenda a dizer não!


Você não precisa ter razão, apenas paz em seu coração e inteligência emocional para dizer Não! Eu, não irei entrar nessa discussão que não irá me agregar valor e me fazer crescer. Isso, porque temos ambientes corporativos altamente tóxicos que proporcionam a competição totalmente desleal entre suas equipes. Antes de assumir o que recebe como feedback, olhe para si e veja se o que lhe dizem faz ou não sentido ou se trata de apenas um ato político corporativo e até mesmo de interesse pessoal de quem lhe comunica. #julianastarosky #starcareerhunter #foconacarreira 

terça-feira, 5 de junho de 2018

Como se proteger de falsos empregos



Por Juliana Starosky

Saiba como você pode se proteger de falsos empregos divulgados na internet.

Muitos profissionais tem certo receio de ir para uma entrevista de emprego e outros estão precisando tanto de uma nova oportunidade que se arriscam. 

Existem casos reais de profissionais que foram abordados por empresas em outros estados e países e ao ligar na empresa para sondar sobre a vaga, a pessoa que ligou não existia ou foram convidados para um processo de Recolocação ou Coaching de Carreira. Salvo, os mais delicados que são os sequestros. 

Atualmente, com a facilidade de comunicação via internet e grupos de WhatsApp podemos ter acesso a diversas vagas que podem ser atrativas, porém não reais. O que acontece, é que algumas consultorias utilizam dessa prática para captar Currículos para seu banco de talentos e outras querem oferecer serviços de Recolocação ou Coaching de Carreira.

Mas, essa prática é ética?
Minha resposta: Não! 

JAMAIS uma consultoria pode atrair seu cliente potencial "vendendo" o que não possui "emprego". 

Então, saiba como se prevenir de falsos empregos?

Minha dica é que, sempre que for abordado para uma entrevista concorrendo a uma vaga, tenha certeza de que você não terá nenhum custo envolvido.
  • "Agradeço imensamente o contato de vocês, fiquei verdadeiramente interessado (a). Mas, para prevenir problemas que já enfrentei em alguns momentos, gostaria de saber se terei algum custo neste processo?"
  • Importante: Peça o nome completo e perfil do LinkedIn de quem esta lhe contatando para verificar a existência do profissional - normalmente, os profissionais não "mentem" nesta rede social - "espera-se que não" 
  • Caso ainda tenha insegurança: Ligue na Consultoria ou Empresa na área de Recrutamento & Seleção para saber se o profissional trabalha na empresa informada. Tenha total cordialidade e sigilo no contato apenas com profissionais da área de Recrutamento & Seleção para explorar melhor as informações sobre a vaga.
Quem trabalha de forma ética, esta totalmente acostumado com essas perguntas e terá consciência de que existem práticas de chamar profissionais para vender serviços de carreira, vendendo uma vaga que não existe. 

Então, não tenha receio em perguntar!

Mesmo, você tendo feito a pergunta e uma situação destas ocorrer, procure anotar o nome da consultoria e ir no Reclame Aqui para fazer a denúncia. É um direito seu, denunciar quem não atua de forma ética e ajudar outros profissionais a se preservarem.

No Brasil existem diversos profissionais e consultorias sérias que podem ajudar você no momento de sua transição de carreira, e JAMAIS utilizam desta abordagem da "vaga não existente" para atrair você. 








quinta-feira, 3 de maio de 2018

Você tem a vida e carreira que merece




Caro Profissional,

Tomo a liberdade de nosso contato, para mostrar o quanto essa frase acima acaba deixando muitos profissionais desconfortáveis. Até, mesmo eu, acredite!Diariamente, ouço histórias de talentos nos mais diversos segmentos e áreas de atuação desconfortáveis em sua carreira. E, certamente fico curiosa em entender o motivo de um Diretor que esta em uma grande empresa não estar motivado.


Depois, de anos de estudo no curso de psicologia que é minha formação, e especializações na área do comportamento humano, pensei que misturar assuntos da área clínica e mercado de trabalho, não fariam sentido. Mas, é fato que fazem. Somos todos Seres Humanos, você tem consciência disso? Ok, se você tem então já fico feliz. E, como Ser Humano temos pontos fortes (aquilo que somos bons em fazer) e pontos a desenvolver (aquilo que não somos bons em fazer). E o mais complexo de tudo, é que nossa mente pode nos impulsionar ou sabotar em nossa vida ou carreira.


Então, você deve estar se perguntando: "Juliana, qual é a receita de bolo? Qual a fórmula mágica para eu sair da situação que me encontro?". A resposta é: Não tem! Não existe fórmula mágica para encontrar o emprego perfeito ou ter sucesso na carreira, se você não buscar seu autoconhecimento. Se, você não cuidar do seu interior.


Pois é, meu amigo. Você não se sente feliz no trabalho e culpa talvez seu gestor, empresa ou colegas? Mas, você já parou para pensar que talvez o problema não esteja lá fora, e sim dentro de você? Mas, como Juliana eu posso não me sabotar mais e acreditar que meu sonho de realizar algo ou arriscar pode dar certo? Ué, tentando!


Mas é claro, você tem medo de falhar! Esqueci que você é perfeito e não pode falhar e que tudo o que você faz, precisa dar certo! E eu só tenho a lhe dizer, sinto muito seu sofrimento deve ser grande.


Muitos profissionais de sucesso que encontraram a felicidade no que realizam, falharam. E só chegaram onde estão por isso, porque tiveram resiliência e Força, Foco, Fé e Perseverança para trilhar seu caminho.


E, buscar emprego como é cansativo! Ligo a TV e só vejo notícias de desemprego, ou leio jornais e é mais assustador ainda. Então, você já parou para pensar que talvez o problema não esteja no desemprego mas sim em você não ter se preparado para viver o momento atual? Todos nós, deixamos para última hora o que é para nosso autodesenvolvimento. Isso porque acreditamos que nunca vai acontecer conosco algo "ruim". Mas, acontece. Afinal, não vivemos em uma redoma de vidro.


O segredo está no preparo, estar preparado para viver o que a vida pode lhe dar como "presente" para seu crescimento.


Muitos profissionais vivem na inércia, por acreditarem na "estabilidade do emprego" e é algo que ouço muito nas entrevistas: "Juliana, o que me motiva em um novo desafio é a estabilidade". Detalhe, é que não temos estabilidade em nada nessa vida. Podemos a qualquer momento, ter a surpresa de uma demissão ou mudança de cultura da empresa ou mudança de gestor. E, o quanto estamos preparados para isso? Vamos continuar a jogar a culpa para fora, quando o único responsável é você mesmo?


Tenho casos de sucesso e outros não, nos serviços que desenvolvo chamando de STAR Career Hunter. E, vocês querem saber quem tem sucesso? Quem se compromete 100% em seguir a metodologia que é ensinada. Caso contrário, não há fórmula mágica. Neste trabalho, não dou o peixe, ensino pessoas a pescarem - a serem seu próprio Headhunter.


Caso, tenha interesse em conhecer um pouco mais do trabalho que realizo para Coordenadores, Gerentes e Diretores faça contato no e-mail: contato@staroskyconsultoria.como.br e coloque no assunto: Tenho interesse no STAR Career Hunter.


Desejo verdadeiramente que você tenha consciência de que a sua carreira é sua responsabilidade e de mais ninguém.


Comece hoje sua transformação e não deixe para amanhã, talvez amanhã seja um pouco tarde.


Grande abraço,


Juliana Starosky


Há 12 anos apaixonada em Caçar | Hunting de Gerentes e Executivos para Empresas e Impulsionar Talentos em suas Carreiras

segunda-feira, 12 de março de 2018

Por que uma empresa precisa de apoio em Executive Search!



Olá Executivos e Rh´s,

Por que uma empresa realmente deve ter parceria em processos na busca por Gestores de Executivos no Brasil, vou discutir um pouco minha experiência e vivência prática com o que vivencio em visitas e conversas com o mercado.

Então, cheguei a trabalhar em duas renomadas e históricas consultorias de Executive Search com mais de 40 anos do Brasil e foi onde mais aprendi sobre processos, metodologia e éticas da profissão.

Venho acompanhando o andar e movimentos que o mercado de Executive Search vem caminhando aos longos dos anos.

Anos passam, crises chegaram e algumas empresas resolveram internalizar o processo de Hunting, acreditando que reduziram custos. Só, que é um grande erro porque esbarraram na ética da sondagem industrial, sem ter uma intermediadora, se expondo assim frente ao seu concorrente e ao mercado de trabalho.  Além, do que muitos profissionais que atuam internamente não tem um espaço adequado para sua atuação e muito menos foco em vagas estratégicas, esses acabam ficando caros para as empresas porque vagas estratégicas são esporádicas e manter CLT um funcionário acaba sendo um tiro no pé.

Um outro cenário que vivemos no Brasil foi o modelo "sucess fee" onde tivemos uma enxurrada de consultorias apenas "empurrando" CV´s de candidatos sem Assessment nenhum para o cliente contratante. O que desmoralizou um pouco mais esse mercado que é rico e muito produtivo se a parceria é clara e objetiva, onde a consultoria e a empresa tem ganhos. 

Existem, espaço para todo tipo de atuação e práticas. Basta, as empresas no Brasil conhecerem mais à fundo o que necessitam e saber mapear no mercado quem pode lhe atender de forma efetiva. 

O barato, muitas vezes acaba sendo o mais caro! E o risco, modelo "sucess fee" acaba ficando mais com a empresa que contrata.

Empresas precisam de apoio com parceiros qualificados, porque terão assessoria customizada e ética nessa interfase entre mercado de trabalho e profissionais disponíveis para determinada oportunidade. Reduzindo assim: riscos, custos fixos altos, avaliação magro do mercado de trabalho, senioridade em Hunting (que vai muito além de olhar apenas LinkedIn - é olhar dentro das empresas);, networking expansivo e o mais importante a ética. 

Antes de contratar, pense bem!

Grande abraço,

Juliana Starosky
Fundadora & Sócia Diretora
Starosky Consultoria de RH




Você quer a solução mágica para recolocação profissional?



Não existe!

Pare de se iludir com promessas milagrosas e tenha FOCO, primeiro busque:
Autoconhecimento, depois tenha Ferramentas - um bom CV, cuide de sua imagem no LinkedIn - não fique reclamando na rede, criando um mudo de lamentações, porque aqui todos estão no mesmo barco. Foque no seu Networking - Conheça o Mercado de trabalho - muitos profissionais não sabem diferenciar áreas de segmentos de atuação e muitos ainda desconhecem quem são seus concorrentes no mercado de trabalho, não sabem mapear.

Buscar oportunidades, assim como fazer projetos de Hunting de Talentos em processos de Recrutamento & Seleção para empresas, dá um IMENSO trabalho.

Mas só é rápido e quantitativo e qualitativo se você sabe em qual caminho seguir e possui conhecimento sobre si ou seu cliente.

Desejo que você que esta buscando recolocação tenha muita resiliência e tolerância à frustração.

Os nãos, que você ouve, também ouço quando procuro profissionais para empresas.

FOCO e não perca a direção, você é o agente transformador de sua carreira, pessoas apenas nos dão a direção.

Grande abraço!

Juliana Starosky
Fundadora & Sócia Diretora

Atenção

As informações contidas ou mencionadas neste blog são originadas de várias fontes e podem não estar precisas, completas, atualizadas ou sem erros. Este blog foi concebido como um serviço para seus visitantes e as informações são apresentadas “NO ESTADO EM QUE SE ENCONTRAM”.Não serão permitidas alterações das idéias apresentadas no blog. Qualquer divulgação em outra mídia será necessária a aprovação do autor.